Os primeiros sintomas como cansaço, irritabilidade, dores e febre não são específicos e são muito parecidos com aqueles de doenças comuns. A suspeita do câncer surge quando esses sintomas persistem ou quando um exame médico revela certos sinais, como a presença de linfonodos, além de aumento do fígado e do baço.

Os médicos solicitam uma bateria de exames como: análises do sangue, radiografias, ultra-sonografias ou tomografias para esclarecer o problema. É através da observação dos tecidos do corpo ao microscópio e outros testes de laboratório que se diagnostica o câncer.

Uma vez que o câncer é confirmado, outros exames permitem determinar se o câncer está localizado ou espalhado no corpo. É o que chamamos de estadiamento. É importante determinar o estadiamento para se planejar e avaliar a resposta ao tratamento.