Diagnóstico precoce: Casa Durval Paiva promove capacitações em Japi e Santa Cruz

Diagnóstico precoce: Casa Durval Paiva promove capacitações em Japi e Santa Cruz

A Casa Durval Paiva dará início, no dia 04 de agosto, às capacitações para o Diagnóstico Precoce do Câncer Infantojuvenil, nos municípios de Japi e Santa Cruz. Serão capacitados profissionais de saúde da atenção básica e o curso terá carga horária de 8 horas, em cada cidade. Além delas, também serão capacitados e sensibilizados os alunos do curso de medicina da UnP, com carga horária de 6 horas.

A meta é capacitar profissionais e estudantes da área de saúde sobre identificação de sinais e sintomas e encaminhamentos acerca do diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil. 

O financiamento dessas capacitações está sendo realizado com recursos arrecadados na campanha McDia Feliz 2022, por meio do Instituto Ronald McDonald. 

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA-2022) estima-se que o Rio Grande do Norte registre 130 novos casos de câncer infantojuvenil, por ano, até 2025. Destes, 70 casos previstos para meninos e 60 para meninas. Daí a importância de capacitar os profissionais de saúde, quanto aos principais sinais de alerta, visando o diagnóstico precoce e tratamento, por se tratar de uma doença tempo-dependente, ou seja, quanto mais precoce ele for identificado e tratado, maior a chance de recuperação completa. 

Os profissionais da atenção básica estão na linha de frente, em consultas de rotina ou quando a criança apresenta algum problema de saúde, por este motivo, devem ter esse alerta ainda mais aguçado, a fim de minimizar os diagnósticos tardios. O câncer infantojuvenil tem até 80% de chance de cura, se for diagnosticado precocemente.

Notas relacionadas