Fórum do Diagnóstico Precoce acontece no dia 23

Fórum do Diagnóstico Precoce acontece no dia 23

No próximo dia 23/11 acontece o Dia Nacional, Estadual e Municipal, em Natal, de Combate ao Câncer Infantojuvenil. Em todo o país, a Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer - CONIACC chama a atenção da população para a importância do diagnóstico precoce da doença. No Rio Grande do Norte, a Casa Durval Paiva irá realizar o XII Fórum do Diagnóstico Precoce, no dia 23/11, a partir das 8h, no auditório do CTGás  - Av. Capitão-Mor Gouveia, 2770, Lagoa Nova, Natal/RN.

O fórum é destinado aos profissionais da área de saúde, estudantes e demais interessados na temática do câncer infantojuvenil. A inscrição poderá ser feita pela internet no endereço diagnosticoprecoce.vai.la, mediante doação de uma lata de leite em pó, a ser entregue no dia do evento.

O Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima que ocorrerão cerca de 12.600 novos casos de câncer em crianças e adolescentes no país em 2017. Nas últimas décadas a cura do câncer nesse público apresentou um giro de 180 graus, passando de 80% de taxa de mortalidade para 80% de taxa de cura.

No entanto, a taxa de cura no Brasil, de acordo a Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (SOBOPE), ainda é aquém do almejado. Um dos fatores que contribuem para isso é o diagnóstico tardio. “Uma criança, quando tem a doença diagnosticada precocemente, pode ser tratada com a possibilidade de ter menos sequelas e mais qualidade de vida, por isso é tão importante a família ficar alerta a sinais e sintomas que podem ser câncer e procurar um médico”, alerta Teresa Fonseca - presidente da SOBOPE.

Pais e responsáveis devem prestar atenção aos sinais e sintomas que podem ser confundidos com outras doenças comuns à infância, por isso, o cuidado deve ser reforçado. Características como: palidez progressiva; dor óssea e nas articulações; inchaço que provocam dificuldades de andar; manchas roxas ou sangramentos que não são de traumas - principalmente nos membros inferiores e superiores - e febre prolongada que deixa a criança em condições apáticas.

Dores de cabeça diárias matutinas acompanhadas de vômito; alterações no equilíbrio, na visão, no andar; convulsões; presença de ínguas frequentes; perda de peso importante, assim como, o comportamento da criança que deixa de brincar e só quer ficar deitada; também podem sinalizar que algo não vai bem. “Diante desses sintomas é importante que a criança seja avaliada por um médico”, alerta Teresa Fonseca.

Para Rilder Campos, presidente da CONIACC e da Casa Durval Paiva, o Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil é mais uma data significativa para mobilizar a sociedade em prol da importância do diagnóstico precoce. “O câncer infantojuvenil é segunda causa de morte na faixa etária entre 01 e 19 anos, só perde para fatores externos como acidentes, então, precisamos nos unir para salvar as crianças e adolescentes, identificando o quanto antes os sinais e sintomas da doença, para que eles sejam curados e possam seguir com suas vidas”, alerta.

 

Com informações da CONIACC.

 

Programação:

XII FÓRUM DO DIAGNÓSTICO PRECOCE

23/11/2017

Local: auditório do CTGás 

8h - Credenciamento

8h45 - Abertura

9h - 10h - Epidemiologia do Osteossarcoma

Dr. Esdras Furtado (Chefe do setor de oncologia ortopédica do Hospital Napoleão Laureano de João Pessoa)

10h-10h15 - Coffee Break

10h15 -11h15 - Nova técnica cirúrgica para o tratamento do osteossarcoma

Dr. Michel Freire de Araújo - Cirurgião Ortopedista (Liga Norte Riograndense contra o Câncer)

11h15-12h - Impacto da dieta no tratamento do câncer infanto-juvenil

Priscilla Abrantes (Nutricionista da Casa Durval Paiva)

12h-14h - Intervalo para almoço

14h-14h30 - Apresentação Coral Bem Viver da Casa Durval Paiva

14h30-16h30 - A importância do suporte educacional e psicológico através das Classes Hospitalares – Case Casa Durval Paiva

Gabriela Pereira (Coordenadora Pedagógica da Casa Durval Paiva)

Andréia Gomes - Secretaria Estadual de Educação – SEEC

Laise Cabral (Psicóloga da Casa Durval Paiva)

Notícias Relacionadas